ÉTICA EDITORIAL

Os procedimentos éticos seguidos pela Psique em todo o processo editorial são baseados nos Códigos de Conduta do Council of Science Editors (2012) e do Committee on Publication Ethics (2011).

Responsabilidades dos Editores

Decisões de publicação

O editor é responsável por decidir qual dos trabalhos submetidos à revista será publicado.

O editor avaliará manuscritos sem consideração à raça, género, orientação sexual dos autores, crença religiosa, origem étnica, cidadania ou filosofia política.

A decisão será baseada na importância do estudo, originalidade e clareza, e validade do estudo e na sua relevância para os objetivos da revista. Os requisitos legais vigentes em matéria de difamação, violação de direitos autorais e plágio, devem ser respeitados.

 

Confidencialidade

O editor e qualquer membro da equipa editorial não podem divulgar qualquer informação sobre um manuscrito enviado para revisão a qualquer outra pessoa que não o autor correspondente, revisores, revisores potenciais, outros conselheiros editoriais, e o editor.

 

Divulgação e conflitos de interesse

Outros dados e materiais dos estudos, em documentos enviados para submissão, não serão utilizados pelo editor, ou pelos membros do conselho editorial, para fins próprios de investigação, sem o consentimento explícito por escrito do autor.

 

Responsabilidades dos Revisores

Contribuição para decisões editoriais

O processo de revisão por pares ajuda o editor e o conselho editorial a tomar decisões editoriais e também pode servir o autor na melhoria do seu artigo.

 

Celeridade

Qualquer revisor seleccionado que se sinta desqualificado para rever um manuscrito submetido, ou prevê que sua revisão imediata será impossível, deve notificar o editor e retirar-se do processo de revisão.

 

Confidencialidade

Todos os manuscritos recebidos para revisão devem ser tratados como documentos confidenciais. Eles não devem ser divulgados ou discutidos com outras pessoas, exceto quando autorizado pelo editor.

 

Padrões de objetividade

Os comentários devem ser conduzidos objetivamente. Críticas pessoais aos autores são inaceitáveis. Os revisores devem expressar os seus pontos de vista claramente, apoiados em argumentos objetivos.

 

Reconhecimento de fontes

Os revisores devem identificar os casos em que uma publicação referida no documento não foi citada na lista de referências. Devem indicar se observações ou argumentos derivados de outras publicações são acompanhadas da respetiva fonte. Os revisores notificarão o editor de qualquer semelhança substancial ou sobreposição entre o manuscrito em avaliação e qualquer outro documento publicado do qual tenham conhecimento.

 

Divulgação e conflito de interesses

As informações ou ideias privilegiadas obtidas através da revisão por pares devem ser mantidas confidenciais e não utilizadas para fins pessoais. Os revisores não devem avaliar manuscritos em que tenham potenciais conflitos de interesse, resultantes de relações competitivas, colaborativas ou outras, ou relações com qualquer um dos autores, empresas ou instituições associadas aos documentos.

 

Responsabilidades dos Autores

Padrões dos relatórios científicos

Os autores de relatórios de investigação originais devem apresentar um relato preciso do trabalho realizado, bem como uma discussão objetiva sobre o seu significado. Os dados subjacentes devem ser apresentados com precisão no manuscrito. Um artigo deve conter detalhes e referências suficientes para permitir a outros investigadores replicar o estudo. As declarações fraudulentas ou imprecisas constituem comportamento não ético e são inaceitáveis.

Acesso e retenção de dados

Pode pedir-se aos autores que forneçam os dados brutos do estudo junto com o documento para revisão editorial e os autores devem estar preparados para disponibilizar os dados dos estudos publicamente. Os autores devem garantir, em qualquer momento, o acesso aos dados por outros profissionais competentes, pelo menos, durante dez anos após a publicação (de preferência, através de um repositório de dados institucional ou outros centros de dados), desde que a confidencialidade dos participantes possa ser protegida e os direitos legais sobre dados sejam respeitados.

 

Originalidade, plágio e reconhecimento de fontes

Os autores enviarão apenas obras inteiramente originais e citarão adequadamente o trabalho e/ou palavras dos outros. Publicações que influenciaram na definição da natureza do trabalho também devem ser citadas.

 

Publicação múltipla, redundante ou concorrente

Os documentos que descrevem essencialmente a mesma investigação, não devem ser publicados em mais do que uma revista. Submeter o mesmo artigo a mais de uma revista constitui comportamento editorial não ético e é inaceitável.

Artigos que tenham sido publicados como material protegido por direitos de autor em outras publicações, não podem ser submetidos. Além disso, os manuscritos submetidos para publicação à revista e em processo de revisão, não podem ser submetidos a outras publicações com direitos autorais. No entanto, ao submeter um manuscrito, o(s) autor(es) retém os direitos materiais sobre a publicação. Em caso de publicação, permitem o uso dos seus trabalhos sob uma licença, que permite aos outros copiar, distribuir e transmitir o trabalho, bem como adaptar o trabalho e fazer uso comercial dele.

 

Autoria do artigo

A autoria deve ser limitada àqueles que contribuíram significativamente para a conceção, desenho, execução ou interpretação do estudo relatado. Todos aqueles que fizeram contribuições significativas devem ser listados como co-autores.

O autor para correspondência garante que todos os co-autores contribuintes, e não outras pessoas não envolvidas, estão incluídos na lista de autores.

O autor de correspondência também verificará que todos os co-autores aprovaram a versão final do documento e que concordaram com sua submissão para publicação.

 

Divulgação e conflitos de interesse

Todos os autores devem incluir uma declaração a manifestar quaisquer conflitos de interesse, financeiros ou outros substantivos, que possam ser considerados como influenciando os resultados ou a sua interpretação no manuscrito. Todas as fontes de apoio financeiro ao projeto devem ser divulgadas.

 

Erros fundamentais em trabalhos publicados

Quando um autor descobre um erro significativo ou imprecisão no seu próprio trabalho publicado, é obrigação do autor notificar prontamente o editor da revista e cooperar com o editor para corrigir o artigo em forma de errata.

 

Medidas face à Violação do Código de Ética

O Conselho Editorial da Psique procurará, por todos os meios ao seu alcance, garantir que os padrões éticos e as boas práticas editorais estão asseguradas por todos os intervenientes no processo editorial.

No caso de ser detetado algum comportamento não ético por parte dos autores, o Conselho Editorial da Psique pode iniciar um processo de investigação, quando apoiado por evidências suficientes, e desencadear uma das seguintes ações, que comunicará ao autor envolvido:

 

a)Informar o autor sobre o comportamento não ético e sobre as etapas necessárias para corrigir o erro e evitar erros futuros;

b)Publicação de aviso formal, detalhando o comportamento não ético;

c)Carta formal ao autor, à entidade a que está filiado e à entidade que apoia a investigação;

d)Recusa formal do artigo ou remoção do artigo, sendo informado o autor, os serviços de indexação e os leitores, sobre os motivos da decisão;

e)Reportar o caso à organização profissional respetiva ou autoridade superior para investigação posterior do caso.

Referências

Committee on Publication Ethics (2011). Code of Conduct and Best-Practice Guidelines for Journal Editors. Retrieved from http://publicationethics.org/files/Code_of_conduct_for_journal_editors_Mar11.pdf

 

Scott-Lichter, D. & Editorial Policy Committee, Council of Science Editors (2012). CSE’s White Paper on Promoting Integrity in Scientific Journal Publications. Retrieved from https://www.councilscienceeditors.org/wp-content/uploads/entire_whitepaper.pdf